• Amanda Ourofino

Blocagem: tudo o que você queria saber


Talvez você já tenha se perguntado o que é blocar uma peça feita em crochê ou tricô e como fazer essa blocagem. Vem que vou te contar tudo o que sei sobre blocagem.


Talvez você já saiba o que é a blocagem, mas não conhece todas as possibilidades que materiais e técnicas diferentes oferecem.

Mas vamos primeiro entender o que é blocar.


Blocar ou blocagem vem no inglês “blocking”. É quando iremos dar a forma que queremos à peça que acabamos de tecer. Quando estamos manuseando a peça, ela muitas vezes não fica no formato que deveria. A blocagem serve justamente para deixá-la bem certinha.


Em peças como xales, suéteres, casacos, blusas, saias, etc é sempre bom fazer a blocagem para ter certeza de que a peça ficará no formato desejado. No Crochê Tunisiano também usamos muito a blocagem pois essa técnica enrola muito as peças, pela sua própria estrutura ao tecermos os pontos.


Eu uso duas maneiras. A primeira é a blocagem a frio, em que lavamos a peça e colocamos ela para secar presa com alfinetes, no formato desejado. A outra é à quente, prendendo no formato e depois usando vapor quente. Vamos olhar essas duas maneiras de pertinho.



Blocagem a frio


Recomendo esse método para fios de fibra natural (inteiramente ou mistos) como lã, algodão, bambu, tencel, etc. Também recomendo esse método para peças grandes, principalmente peças de vestuário, xales, mantas.


Eu gosto desse método porque aproveitamos e lavamos, de fato, a nossa peça. Peças maiores acabam sendo muito manuseadas e carregadas para todo canto (né?) então recomendo fazer a lavagem antes de utilizar pela primeira vez, para limpar mesmo.



A blocagem a frio consiste em lavar a peça e deixá-la secar à sombra, no formato desejado. Para lavar, use um sabão neutro, próprio para a sua peça.


Caso você esteja usando um fio de fibra protéica (lã natural, por exemplo), você pode usar condicionador para cabelos neutro ao invés de sabão. Mas certifique-se de que é neutro. Você também pode usar vinagre, que não só amacia a fibra como também ajuda a fixar a cor, caso saia algum corante na água ( por ser a primeira lavagem).


Se o seu fio for 100% algodão, você pode usar um pouco de sal para que o corante não saia da sua peça, principalmente se for uma peça com tingimento artesanal.



Eu gosto de deixar a peça de molho uns 10 minutos e depois enxaguar. Para enxaguar, eu uso água fria e nunca torço a peça. Torcer pode estragar o fio e a trama que você teceu.


Ao invés de torcer, eu aperto delicadamente, mas tirando a água. Em seguida, é hora de colocar a peça sobre uma toalha e mais uma vez apertar, para tirar o excesso de água (veja a segunda foto). Se a peça for muito grande, você pode também enrolar na toalha e apoiar no chão, pisando em cima da toalha (com cuidado, mas com peso).


Vai parecer que a peça ainda está bem molhada, mas com certeza já tiramos o excesso de água que era possível tirar (sua toalha estará encharcada).



Eu uso esse tapete de EVA para prender os alfinetes, mas você pode usar até uma cama ou sofá para prender a peça com os alfinetes. Eu comprei recentemente (nessa feira aqui) esses alfinetes para blocagem. Acho bacana porque eles têm esse formato em “T”, que é bem apropriado para prender bem a peça (e para tirar o alfinete depois).



Agora é só esperar a peça secar, e então tirar os alfinetes.


Esse xale da foto eu fiz com o fio Prisma, cuja composição é 50% Algodão e 50% Acrílico, então como há algodão na sua composição, a blocagem deu super certo e o xale ficou no formato desejado.



Blocagem a vapor quente


Recomendo esse método para peças pequenas e para peças feitas com fios que tenham algodão na sua composição ou para fios acrílicos. No caso do fio acrílico, tem que ter muito cuidado para não encostar o ferro de passar ou o vaporizador na peça, pois o acrílico e um "plástico" né.


Eu uso o vapor do meu ferro de passar, mas você pode usar de outros aparelhos que produzem vapor.


Caso você só tenha o ferro de passar sem vapor, você pode colocar uma toalha de algodão seca e limpa por cima da peça e passar o ferro por cima dela. Dessa forma o calor passa pela toalha mas não corremos o risco de queimar a peça.


É um método bacana para usar se você fizer o tutorial do Brinco Viés e a sua peça de tunisiano enrolar demais, por exemplo.


Eu prendo a peça com os alfinetes no EVA, deixando-a no formato que eu desejo.



Depois eu venho com o ferro a vapor e deixo a peça ficar molhada com o vapor quente. Você usar um vaporizador de roupa portátil como esse também, eles são até mais práticos.


Depois é só deixar secar. A peça estará no formato desejado, assim como no método a frio.

Existem outras ferramentas que podem ser usadas para blocagem. Há um tapete em EVA que tem régua para colocarmos as peças bem retinhas e arames para deixar as peças no formato mais certinho ainda.


A KnitPro vende um arame próprio para blocagem, do tipo desses das fotos abaixo. Eu ainda não testei, mas se eu testar com certeza contarei tudo para vocês!

https://hopefuldays.wordpress.com/2013/05/01/using-blocking-wires/

https://www.interweave.com/article/knitting/using-blocking-wires-to-block-a-lace-shawl/

Eu também encontrei esse alfinete diferente. Comprei uma caixa para testar e achei bem prático. Recomendo. A marca do que eu consegui comprar é KnitPro, e eu comprei na Amazon aqui do Reino Unido. Infelizmente não achei disponível na Amazon Brasil.

Espero que tenham curtido e que esse post seja útil!


Se você conhece outra maneira de blocar uma peça, conta para mim nos comentários.


E não se esqueça: respira, não pira e crocheta!

Beijos,



100 visualizações
  • Facebook
  • Pinterest
  • Instagram

Nascida em Brasília - DF.

Atualmente, moro em Londres.