• Amanda Ourofino

Novelos na Escócia


Muitas ovelhas? Sim, na Escócia temos! E novelos também.

Fizemos uma viagem para a Escócia no feriado de Páscoa desse ano de 2019. Eu já tinha visitado Edimburgo com o marido, em 2017. Mas ficamos apenas 2 dias e não fomos a nenhuma outra cidade.


Dessa vez, ficamos 2 dias também em Edimburgo, alugamos um carro e fomos a várias cidades, inclusive até a Ilha de Skye. E claro, eu não podia deixar de procurar novelos pela cidade, né?


Como eu não podia sair de Edimburgo sem ir a alguma loja de novelos, eu pesquisei no google e vi que tinha uma perto de um dos monumentos que iríamos visitar. Então fomos lá conhecer.






A loja que eu fui chama-se Kathy’s Knits. O site da loja é super fofinho, vale a pena dar uma olhadinha (mas não vende on-line). A loja fica na parte de subsolo da rua, então temos que descer umas escadinhas para achar a porta de entrada.


É fofo demais esse novelinho dando as boas-vindas, né? Fiquei encantada com a variedade de fios do Reino Unido (principalmente Escócia e Inglaterra) e também com a simpatia e disponibilidade da dona – a Kathy – em conversar comigo.

Não repare a minha cara de turista com frio e andando de cabelos ao vento. Hahaha PS: essa gola em pied-de-poule tem o tutorial gratuito aqui.


Aquela parede de novelos de nos deixar sem fôlego!


Abaixo dois vídeos mostrando a loja, só para vocês terem uma ideia mesmo de como ela é por dentro.




Ela me contou que essa cor é exatamente igual ao tweed mais tradicional, dos primeiros a terem sido fabricados pelo Harris Tweed. Esse tweed é pra ser um retrato dos campos no interior da Escócia.


Achei isso sensacional, e achei que pode ser um bom fio para fazer um detalhe em uma blusa, cachecol ou manta. O fio tem uma espessura Aran, que é considerado um fio médio.


O outro fio que eu comprei é uma lã inglesa, de uma empresa chamada Woolyknit, que é de uma cidadezinha chamada Oldham (perto de Manchester).


O nome desse fio é Blue Faced Leicester e é feito 100% com lã de ovelhas Bluefaced Leicester (BFL). Elas são ovelhas de pêlo longo criadas em  Leicestershire. Por isso o nome da lã também é esse.


Foi a minha filha que escolheu esse azulzinho fofo, e eu gostei bastante. Ele não é um fio super fino, é um DK . E é muito macio, sem aquela aspereza que algumas lãs puras possuem. Mas é diferente do merino ou da cashmere.



Eu escolhi pouca coisa porque minha mala era super pequena e a gente ainda tinha muitos destinos para visitar.


Ah, e quando nós chegamos na ilha de Skye, percebemos que realmente há ovelhas por toda parte. Elas andam soltas, e algumas têm uma marcação na pelagem, acho que para saber quem é o dono.




Agora prepare-se para morrer de fofura com essa ovelha mãe e seus filhotes. Elas são super bravas e protegem os filhotinhos a todo custo. Olha só como ela fica nervosa com o nosso carro passando ao lado. Nesse momento estávamos chegando na pousada, que era cercada por ovelhas para todos os lados:


Se você gostou de ver essa loja em Edimburgo, eu também fui a Paris a Berlim e a Oslo, na Noruega. Dá uma olhada!


Espero que tenham curtido.

Respira, não pira e crocheta!

Beijos,



9 visualizações
  • Facebook
  • Pinterest
  • Instagram

Nascida em Brasília - DF.

Atualmente, moro em Londres.