• Amanda Ourofino

Amostras | Por que fazer?



Você já deve ter se perguntando porque tanto se fala sobre amostras, né?


As amostras são pequenas peças quadradas, geralmente no tamanho de 10x10cm, que nos mostram quantos pontos nós temos nesses 10cm e quantas carreiras nós temos nessa mesma medida. É possível fazê-la também no tamanho 5x5cm.


Quando comecei a crochetar, eu raramente fazia amostras. Era mais quando eu queria testar um ponto ou um fio que eu não conhecia, mas em geral eu já saía fazendo as peças. Até porque no início eu fazia peças de decoração, golas e vasos para plantas, o que não exigia muita preparação prévia: eu já criava ou seguia o vídeo/receita logo de cara.


Mas à medida que fui aprofundando os meus estudos, praticando mais e criando minhas próprias peças, e principalmente quando comecei a tecer vestuário, fui sentindo cada vez mais necessidade de fazer amostras. Também passei a adquirir receitas escritas que vinham com essa informação como um passo importante para acertar o tamanho das peças, então me vi fazendo amostras para tudo.


Fazer amostra não é perda de tempo!


Hoje acho a amostra um dos passos mais importantes quando começo uma peça e queria compartilhar com vocês os motivos porque acho importante incorporar essa peça à sua rotina de tecer.


Testar o fio e a agulha


A amostra ainda é a principal maneira de testar um fio específico com uma agulha específica. Assim nós podemos entender como ficará a trama com aquele fio e aquela agulha específicos, percebendo a elasticidade do fio, a nossa tensão com aquela agulha e todo tipo de informação necessária para um projeto.


Você pode usar agulhas diferentes numa mesma amostra e assim verificar a diferença ou então fazer uma amostra para cada agulha/fio utilizado.



◆ Chegar nas mesmas medidas indicadas em uma receita escrita ou video aula


É também fazendo uma amostra com um fio e uma agulha específicos que podemos saber se o material que escolhemos servirá para tecer o projeto que compramos, seja uma receita escrita ou uma video aula. Principalmente ao fazer peças de vestuário precisamos chegar na mesma amostra indicada para que a nossa peça fique do tamanho indicado nas instruções.


É importante lembrar que mesmo que utilizemos o mesmo fio e a mesma agulha que está indicado nas instruções, muitas vezes a nossa amostra ficará diferente da amostra indicada, pois a nossa tensão pode ser diferente.


◆ Praticar uma nova técnica


As amostras são super indicadas quando estamos aprendendo uma técnica nova. Nesse momento, podemos treinar e nos aperfeiçoar nas técnicas, sem sentir nenhuma frustração pela "peça" não estar ficando como nas fotos do Pinterest ou do Instagram. As amostras são quando temos controle infinito para testar, desmanchar e aprender com os nossos erros.


Ah e as amostras são ótimas também quando querermos testar um novo jeito de segurar a agulha ou o fio e para ganharmos prática mesmo na técnica.


◆ Testar pontos e tramas diferentes


As amostras também são especialmente úteis para testar novos pontos e tramas, já que podemos ver como de fato fica um ponto antes de planejar uma peça com ele. Também são ótimas quando temos aqueles livros de pontos - com 1 milhão de pontos hahaha - e queremos ver se conseguimos fazer o ponto seguindo as instruções do livro e realmente ter certeza de que gostamos da trama.


◆ Calcular número de pontos e tamanhos para uma receita própria


A partir da amostra, nós podemos prever o tamanho de peças e também a quantidade de fio que usaremos no projeto. A regra de três é a nossa amiga nesse momento hahaha.



E se você nunca fez amostra, deixo aqui algumas sugestões:


◆ Faça a sua amostra sempre maior do que 10x10cm:


Não pule a etapa de tecer a amostra! Desse modo, você terá certeza de que a sua peça ficará exatamente como indicado nas instruções;


◆ Organize as suas amostras:



No início eu fazia as amostras e logo desmanchava, mas à medida que fui criando mais designs e peças próprias eu comecei a sentir necessidade de guardar as amostras e etiquetar com todas as informações necessárias. Assim eu consigo consultar quando for tecer o projeto de fato e utilizar essa informações na hora de escrever o tutorial.


Eu gosto de usar uma tag de papel como essa da foto e eu escrevo nela as seguintes informações:

  • Nome da técnica

  • Nome do projeto (se houver)

  • Ponto usado

  • Agulha

  • Fio (com a cor)


Você pode ainda já incluir o número de pontos e o número de carreiras da amostra (em 10x10cm ou 5x5cm).


◆ Para fazer uma receita escrita ou video aula:


Não pule a etapa de tecer a amostra! Desse modo, você terá certeza de que a sua peça ficará exatamente como indicado nas instruções;


Caso você perceba que a sua amostra está ficando muito diferente da amostra indicada, desmanche e já teste com um novo fio ou agulha, ou troque de agulha no meio da amostra para verificar se faz diferença;


Caso não esteja indicado na receita que precisa blocar a amostra, faça isso por sua conta - principalmente em peças de vestuário - para você saber como ficará a quantidade de pontos e a elasticidade do seu fio.


◆ Bloque a sua amostra:


A blocagem vai te dar a real dimensão da sua amostra e vai te mostrar a elasticidade e textura do seu fio e dos seus pontos;


Se você não sabe o que é blocagem, leia esse post aqui ;)


◆ Você pode reutilizar o fio da amostra, se necessário:


Caso falte um pouquinho de fio para o seu projeto, você pode desmanchar a sua amostra e utilizá-lo.



Recomendo alguns vídeos sobre amostras das tricoteiras maravilhosas abaixo, mas lembre-se que fazer amostra serve para qualquer técnica!


Íris Alessi: POR QUE FAZER AMOSTRAS - 5 dicas para quem não sabe porque elas são importantes para o tricô


Pris Lopes: O que NÃO PODE FALTAR no seu projeto de TRICÔ | Tudo sobre AMOSTRAS #1

Como tecer AMOSTRAS de TRICÔ | as 6 leis da amostra | Tudo sobre AMOSTRAS #2


Rosiene Tricô e tal: Tudo sobre Amostras em Tricô por Rosiene



Espero que seja útil para você!


E se você quiser me contar se você faz ou não amostras, deixe o seu comentário abaixo ;)


Lembre-se:

Respire, não pire e crochete!


Beijos,


30 visualizações

Posts recentes

Ver tudo
  • Facebook
  • Pinterest
  • Instagram

Nascida em Brasília - DF.

Atualmente, moro em Londres.